Santa Zita-Padroeira das Empregadas do Lar

 

                   

                                         SANTA ZITA

                        PADROEIRA DAS EMPREGADAS DO LAR

Nascida em Monte Sagrati na Itália no ano de 1218, em uma família pobre e camponesa, mas que soube comunicar a ela a riqueza da vida em DEUS.

Com a idade de 12 anos começou a trabalhar para a família dos Fratinelli, comerciante de lã e outros tecidos em Lucca. Zita trabalhava muito e bem. Como simples empregada sem estudos e sem cultura, ela consagrou-se inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples.

O segredo da espiritualidade desta santa era muito concreto, pois consistia em se questionar se esta ou aquela atitude agradava ou não ao Senhor; desta forma abriu-se para a santificação de DEUS.

Com vinte anos, foi trabalhar numa família nobre e lá, não deixou de participar todas as manhãs da Santa Missa na Comunidade.

Ela era muito boa para os outros, dava comida e roupa para os pobres- inclusive a dos seus empregadores- e visitava os doentes no tempo de folga, desta forma conquistou a admiração dos patrões e o respeito dos membros da família. Conquistou também muitos corações para o Senhor, e, merecidamente o Céu.

De acordo com a tradição, os outros serventes da casa, finalmente ficaram convencidos de que ela era uma santa, porque um dia encontraram um Anjo fazendo os pães e Outro lavando a roupa, no lugar de Santa Zita, enquanto ela atendia um pobre doente que estava na porta da casa.

Durante toda a sua vida ela trabalhou a favor dos pobres , dos doentes e de outros sofredores e lastimava que criminosos ficassem na prisão sem fazer nada, ela defendia a causa de que estes deveriam ajudar aos pobres e doentes.

A ela foi creditado uma série de milagres. Foi canonizada em 1696 é Padroeira das empregadas domésticas e na arte liturgica da Igreja é mostrada com um saco, pedaços de pão e um Rosário... ou ainda atendendo um pedinte a porta de casa.

Sua Festa é celebrada no dia 27 de abril.

                                ORAÇÃO A SANTA ZITA

“Ó Santa Zita, que no humilde trabalho doméstico soubestes ser solícita como foi Maria, quando serviu JESUS, em Betânia, e piedosa como Maria Madalena, aos pés do mesmo Jesus. Ajudai-me a suportar com ânimo e paciência todos os sacrifícios que me impõem os meus trabalhos domésticos. Ajudai-me a tratar as pessoas da família que sirvo como se fossem meus irmãos.

Ó Deus, recebei o meu trabalho, o meu cansaço e minhas tribulações, e pela intercessão de Santa Zita, daí-me forças para cumprir sempre meus deveres, para merecer o reconhecimento dos que sirvo e a recompensa eterna no Céu”.

Santa Zita, rogai por mim. Amém!


Protected by Copyscape