FLORES DA EUCARISTIA

 

É sempre agradável a presença de uma flor, e prende mais a atenção quando não é conhecida, instintivamente se procura aspirar-lhe o perfume e examinar-lhe a forma. Por isto, não se destinam estas florzinhas exclusivamente às almas enamoradas do Santíssimo Sacramento mas também às que se dizem descrentes ou que se mostram indiferentes para com o augusto Mistério do Altar.
Que apostolado discreto e eficaz, portanto, não pode exercer a esposa dedicada , a filha carinhosa, a amiga leal, a enfermeira piedosa, no lar, nas relações sociais, no ambiente de trabalho, na cabeceira de um doente, por meio de uma flor de Jesus Hóstia, que talvez encante um coração sedento do infinito, desperte uma fé há muito adormecida, dissipe uma tristeza ou nostalgia!?
E estas florzinhas são orvalhadas de preces e sacrifícios, a fim de que consigam realizar a finalidade principal deste modesto trabalho - tornar conhecido o amor de DEUS para com os homens e excitar nas almas o amor para com o nosso DSEUS que se fez Hóstia.
Aqui nestas páginas, abaixo,  poderão encontrar flores desabrochadas no jardim fechado da alma profundamente eucarística de São Pedro Julião Eymard, estas flores se apresentam louçãs e sorridentes, sempre animadas pela seiva que lhes transfunde vida: o espírito de adorador-apóstolo, do grande Pioneiro da Divina Eucarístia, espírito, que hoje em dia no Céu, com mais ardor que em seu viver terreno, trabalha na missão sublime de levar todos os corações aos pés do Santíssimo Sacramento, repetindo-lhes estas palavras de fogo:

               "JESUS AÍ ESTÁ! VAMOS TODOS A ELE!" 

Prefácio escrito aos 3 de outubro de 1946 - Autor desconhecido


Protected by Copyscape