AMIGO

É uma pessoa com quem nos atrevemos a ser o que somos verdadeiramente. Nossa alma pode se mostrar sem máscaras a ele. Um amigo é aquele que nos pede que nada ornemos, não simulemos e sejamos simplesmente o que somos. Ele não nos deseja nem melhor nem pior do que somos. Sentimos diante dele o que deve sentir o prisioneiro que acaba de ser reconhecido inocente.

É desnecessário, com ele, estar precavido. Podemos dizer tudo quanto pensamos , exprimir todos os nossos sentimentos. Nada o surpreende, nada o ofende, enquanto formos o que na verdade somos.

Um amigo compreende  as contradições de nossa natureza, que fazem com que os outros nos julguem mal. Com ele, respiramos livremente.

Podemos nos por à vontade, retirar nosso casaco e desabotoar o colarinho, confessar nossas pequeninas vaidades, nossas invejas, nossos ódios e nossos ímpetos de má intenção, nossa mesquinharia e nossas práticas absurdas. A medida que nos abrimos com ele, tudo isso se perde, se funde no oceano puro da lealdade.

(Filosofia - Frank Crane)


 

 


Protected by Copyscape